Publicidade

Com bom humor, Cultura Inglesa apresenta novo conceito de comunicação

Para 2018, a Artplan irá explorar os diferenciais da rede de idiomas que vão além do ensino de inglês

FICHA TÉCNICA

“Fazer só inglês ficou antigo. Faça Cultura”. É com este conceito que a Cultura Inglesa apresenta sua campanha para 2018. Assinada pela Artplan, a comunicação destaca que a formação dos alunos da Cultura vai além de um novo idioma, pois contempla diversos elementos e habilidades adquiridas dentro e fora das salas de aula.

Para exemplificar este conceito, a rede de escolas de idioma, presente no RJ, ES, GO, RS e no DF, usou do bom humor em sua nova campanha, que estreia nesta segunda-feira (15). Nela, o ato de fazer só inglês é comparado com atividades antigas como fazer fogo, tirar um retrato ou, até mesmo, fazer ginástica, aquela com polainas e lycra da década de 80. O contraponto está na abordagem da Cultura, onde os alunos vivenciam o inglês através de projetos acadêmicos que desenvolvem habilidades socioemocionais que vão além do idioma, como colaboração, criatividade, comunicação e senso crítico. Os alunos contam ainda com a tecnologia de parceiros de inovação, como por exemplo, o Google for Education.

O plano de mídia integrado contempla um filme para TV, OOH, além da sinergia entre propaganda e conteúdo com forte presença digital. Para a TV, o cenário é uma festa infantil, na qual dois amigos conversam e um deles conta ao outro que seu filho começará a fazer inglês. Na sequência, os mesmos personagens são retratados em uma sala de ginástica dos anos 80, sob a frase: “Quando você fala fazer inglês, soa tão antigo quanto dizer… fazer ginástica!”.

Em seguida, são apresentadas cenas com os diferencias da formação da Cultura, como alunos conversando com pessoas de outros países pela internet, um jovem apresentando uma palestra no estilo TED Ed Club e estudantes trabalhando em um projeto de reciclagem. O filme tem direção de Filippo Capuzzi Lapietra da YOURMAMA. “O bom humor foi uma forma leve e diferente que escolhemos para apresentar esse novo conceito para a Cultura Inglesa, chamando ainda mais a atenção para os benefícios do inglês, não só profissionalmente, mas no desenvolvimento pessoal dos alunos”, afirma Gustavo Tirre, diretor de criação da Artplan.

“A missão da Cultura é empoderar os brasileiros para agir globalmente. E nossa campanha vem mostrar como fazemos isso: desenvolvendo, através do ensino de inglês, as habilidades sócio emocionais com projetos acadêmicos, tecnologia e infraestrutura diferenciada. A Cultura hoje está alinhada ao que existe de mais moderno no ensino de línguas”, comenta Rodrigo Fontes, diretor de Mercado.

Publicado em: 15 de Janeiro de 2018